heartache tonight

Saber que já não acreditas em ti, paralisa-me. O meu corpo não reage ao teu quando te despes de ti, quando nós nos perdemos por aí, nesse sonho de te tentar descobrir, numa caminhada infindável pelos segredos que escondes na pele. Já não consegues confiar?
Não há nada mais profundo do que mergulhar em ti. Depois de me prometeres que íamos até ao outro lado do mundo, as minhas mãos não largaram as tuas num compasso marcado pelo que tu costumavas sentir. Já não sentes a música, pois não?
Segues-me, sem medo, pelos teus desertos, em plena liberdade, com os olhos fixos no céu.
Ah, desististe.


delayed devotion


ontem, por exemplo.
(um dia destes escrevo qualquer coisa de jeito, ok? não tarda nada - ou então vamos esperar que não.)

love communication




mas eu tento sempre mais uma vez, inevitavelmente.

desde 24 de Janeiro/2011

Com tecnologia do Blogger.