blue turning gray over you









é só mais um dia.
são apenas mais 24 horas na vida de um sujeito inanimado, o último grito que ecoa numa sala vazia de janelas fechadas. minutos que se contam e passam por ti enquanto bebes mais um gole desse vinho amargo. um dia que passa a ser um buraco numa rede de meses, uma coisa de nada que é mais fácil ignorar.
 - não chores, porque é só um dia mais e as tuas lágrimas estendem-se pelas ruas de anos e tempos e nunca libertam a nossa sombra. resume-se a horas: são apenas duas dúzias, não custa (quase) nada.

foreground


vê como o vento sopra forte e furioso, como liberta os tecidos e mantém vivos os teus cabelos, que esvoaçam.
sente-o agora, sente-o enquanto ele te ataca e te esmurra a cara, como te esgota o pensamento e te faz cair. sente-o total e percebe as estradas que se desenham pela força da natureza, o gato esfomeado que salta do muro e perde mais uma vida.
o vento, só - palpável, um mundo imundo, que te assalta as vísceras e te rouba o passado.

desde 24 de Janeiro/2011

Com tecnologia do Blogger.