clandestino

"Golz sabia como as coisas pareciam ter sido e como seriam; orgulhando-se do que poderiam ter sido, confiando no que podiam ser, mesmo que isso nunca viesse a acontecer, disse ainda:
- Bon. Nous ferons notre petit possible."
por quem os sinos dobram, ernest hemingway


E isto sou eu,  no meu estado de constante pessimismo, a tentar ser positiva. consigo convencer alguém?

2 comentários:

Morce disse...

vê lá se é preciso dar-te uma chapada na cara!

paddy disse...

Tenho de reler esse livro.

desde 24 de Janeiro/2011

Com tecnologia do Blogger.