#36

tudo o que não podes dizer, tudo o que não fica bem fazer, todas as músicas que não prestam para dançar. não podes conversar, não podes ficar, é a tua primeira cerveja? não me importa, podemos ficar aqui para sempre - outra vez.
mas
todas as ruas que te sufocam, os metros que perdes, as reuniões com atrasos de meia hora, os almoços insonsos e os jantares fora de prazo, o café frio, a máquina que não dá troco, o sinal de proibido no final da rua, és obrigado a virar à esquerda, cuidado, não ultrapasses os 120, não respires, não te exaltes, não nada.

Sem comentários:

desde 24 de Janeiro/2011

Com tecnologia do Blogger.