"deve ser do cansaço, coitada"


A indiferença paira no ar, como um perfume posto em demasia. Não sei, não sinto nada em relação a muita gente. Não sei, não me apetece falar com quem não se interessa por mim, não quero ser sempre eu a fazer o tal esforço, já desisti. Next



(está fracote, já sei, mas hoje não dá para mais, tenho muita pena)

5 comentários:

Morce disse...

está óptimo. Mostra mesmo aquilo que sentes. é normal, normalissimo, acaba por passar. Next ;)

Morce

Inês disse...

não está bom? Sofia Maria, está fantástico! pequeno, mas grandioso! o tamanho não interessa! interessa o conteúdo!

Vanita disse...

Se hoje tivesse escrito o que sinto, tinha escrito um post muito parecido com este. Entendo-te tão bem... ou pelo menos acho que sim.

Beijos ;)

abreu disse...

EXACTAMENTEEE, quer-se espontâneo e 100% natural

martaa disse...

este texto está TUDO. tudo o que penso do agora e gostava de saber explicar, ajudaste-me (ou melhor: fizeste). tudo o que me "assusta" e me faz pensar se ainda faz sentido assim.

desde 24 de Janeiro/2011

Com tecnologia do Blogger.