impulse

this is the sound of settling



Desculpa-me se fui indelicada, não era a minha intenção. Não quero que penses que eu não quero nada - porque eu quero tudo. Também te quero a ti. Eu quero-te, posso? Diz-me, se fazes o favor.

Desculpa-me se a minha falta de espontaneidade te afugentou e, no final de contas, a mensagem que eu te passei não foi a mais certa. Lê os meus lábios, segue os meus olhos. Vais ver, não precisas de mais nada e eu prometo que não te vais arrepender. Não precisas de fingir que não te importas, que não é contigo. Não precisas de inventar mais desculpas nem de criar mais falsas situações. Já te percebi

11 comentários:

rita disse...

ohh :o, hoje comento por estou chocada, chocada mas feliz :D GOSTEI MUITO. estou muito feliz com este post, e contigo. love youu.

Sofia disse...

Bom ano!

:)

monique disse...

ana, é de facto dos melhores.

The queen disse...

Gostei, muito mesmo (:

martini disse...

GOSTO TANTOOO ahah, valeu a pena, está muito bom. gmdt

...victinho disse...

Feliz ano novo sophie!Continuas com postagens muito bonitas e poeticas.
Beijokitas

margarida disse...

sofia, é o melhor. nos sabemos porque, impulsos. amo.te ate as estrelas

Margaret retrete disse...

Sofiii.. O melhor sem duvida! Uma dia vou ter uma inspiração tal como a tua:D In love Baby... ADORO-TE

Maria P. disse...

sofii, este está mesmo fantástico! dos melhores, sem dúvida. ly

Jo disse...

A nossa menina, a nossa benjamim, parece tão crescida a escrever estes textos!!!:)
Beijinhos

Sara M. disse...

;) gostei do texto. forte e intenso

*

desde 24 de Janeiro/2011

Com tecnologia do Blogger.